quarta-feira, janeiro 24, 2007

Antecedentes e formação do Condado

  • Em 1086, devido ás boas relacções que D.Afonso VI rei de Leão e Castela tinha com Hugo o abade de Cluny, veio participar na luta pela reconquista cristâ na Peninsula Ibérica, o conde francês Raimundo de Borgonha.
  • Em 1092 Afonso VI, concede o governo da Galiza ao conde D.Raimundo, aliás já seu genro desde 1090, devido ao casamento deste com sua filha legítima D.Urraca. Medida que se entende como de aproximação da coroa aos domínios de leão-castela, dado que a relacção de suserania na Galiza, abria nova frente de luta, por razões de pretensões autonómicas como havia acontecido em 1087 com a revolta do conde galego Garcia Oveques.
  • Para se entender a razão da formação do Condado Portucalense, deve igualmente analisar-se a questão da volatilidade da posse do espaço físico do território, condicinado de acordo com as vitórias ou derrotas entre as forças cristâs e mouras.
  • Assim se em 1093 o rei de Badajoz se coloca sob a protecção de D.Afonso VI, entregando-lhe Santarém, Lisboa e Sintra, logo no ano seguinte esse territórios são perdido, correspondendo aliás a uma derrota militar de D.Raimundo junto a Lisboa.
  • Logo parece lógico que a D.Afonso VI se tenha colocado a questão de nova descentralização de poder, por forma a uma melhor consolidação dos territórios conquistados aos mouros e assim em 1096 concede a D.Henrique o governo do Condado Portucalense, consolidando o casamento realizado no ano anterior com sua filha ilegítima D.Teresa. Doação a título herditário, isto é sem restituição após a morte dos titulares. Sendo que nessa altura os limítes do Condado se confinavam a sul em Coimbra e a norte no Rio Minho.
  • Aspectos da governação co Conde D.Henrique entre 1096 e 1112
  • Em 1100 houve um recontro em Malagon entre o conde D.Henrique e os Almorávidas
  • Existem referências da presença do conde D.Henrique na Palestina entre 1103 e 1105 e em 1106 vivia na corte de Afonso VI alternando com estadias em Coimbra.
  • Entretanto seu primo Raimundo aspirava á sucessão da coroa de Afonso VI, mas a circunstância de Afonso VI ter entretanto tido um filho de nome Sancho da sua ligação com Zalila filha do rei de Sevilha, veio complicar a pretensão, pois Afonso VI considerava Sancho seu herdeiro, titulando-o como Princípe de Toledo.
  • Entre eles, tería havido um pacto pelo qual Henrique apoiaria Raimundo, na sucessão, incluíndo não só a repartição dos tesouros de Toledo, incluíndo a posse da cidade, para o Conde D.Henrique.
  • O plano caducou porém, porque Raimundo de Borgonha morre em 1107.
  • Em 1108 desmoronam-se as defesas do Tejo e as esperanças de Afonso VI, os seus exércitos são derrotados em Uclés, onde morre o seu filho e herdeiro putativo Sancho.

Sem comentários: