quinta-feira, julho 12, 2007

As consequência da derrota de Badajoz

  • As repercussões da vitória de Fernando II, sobre Afonso Henriques, foi de enorme satisfação no reino de Leão, tratava-se afinal duma vitória de grande prestígio, conseguida sobre um rei que somara até aí grandes vitórias.

    • Mesmo em termos de conquista territorial,o ganho foi enorme, tiveram que ser devolvidas todas as conquistas, que Geraldo Geraldo havia conseguido, situadas a leste do rio Guadiana, bem como as terras que D.Afonso havia conseguido em terras da Galiza, incluindo claro as que já tinha sido acordado devolver em 1165 e que não tinha feito.
    • Percebe-se que nesse tempo, os interesses duma coroa se sobrepunham aos da cristandade, doutra forma não teria sido possível o mundo cristão elogiar a vitória dum rei cristão sobre outro por aliança com os mouros.
    • Afonso Henriques nunca o fez, embora acusado por muitos "observadores" da época actual, de não olhar a meios para construir um Reino.
    • Aceito que a ideia da construção da Pátria, não fosse a questão central pelo menos em termos modernos do conceito de Pátria, naturalmente que a questão pessoal, da conquista de poder, do seu poder, era compatível com os desígnios principais da maioria das coroas reinantes.
    • O máximo de negociações efectuadas por D.Afonso com os mouros, foram as tréguas, usuais na época, que consistiam em pactos de não agressão.
    • Afonso Henriques esteve preso em poder do genro, quase 2 meses, voltado para Coimbra e depois para as termas de São Pedro do Sul, onde permaneceu em convalescença alguns meses.
    • Geraldo sem-Pavor, que também fora preso, foi libertado por entrega das praças que havia conquistado e que se mantinham em poder dos seus homens, pelo que em Março de 1170, já estava de novo em Juromenha, pensando provavelmente no dia em voltaria a tentar a conquista de Badajoz.
    • A Fernando II de nada valera o estratagema no que à posse de Badajoz, dizia respeito, pois passado o primeiro tempo em que foi reconhecido como o senhor de Badajoz, o certo é que passado pouco tempo, já os almóadas tomavam posse daquela guarnição.

Sem comentários: