domingo, outubro 07, 2007

Confirmação do foral a Guimarães(1128)

  • 19 de Março-Concessão do castelo de Soure aos Templários
Concedido por D.Teresa "pela salvação da minha alma e pela redenção dos meus pecados", não confirmado pelo infante. Dádiva de estrema importância, porque se tratava dum bem valioso e estratégico e que envolvia uma entidade religiosa e militar e que viria a desempenhar importante papel na luta contra os infiéis

  • Abril-Concessão do foral a Guimarães por D.Afonso Henriques
Que não foi mais do que uma confirmação do foral que seu pai, provavelmente em 1096 dera.Nesse documento D.Afonso diz que pretende favorecer os burgueses que com ele tinham passado male et pena. Referindo-se às atribulações que as populações haviam sofrido, durante o cerco a Guimarães por Afonso VII

  • 27 de Maio-D.Afonso solicita apoio ao arcebispo de Braga
D. Paio Mendes, da família dos conhecidos Mendes da Maia,estava à frente da diocese de Braga e era um declarado opositor da influência exercida pelos Travas no governo de D. Teresa. Desde sempre apoiou o infante D. Afonso Henriques de quem foi incondicional aliado, chegando mesmo a estar na prisão e a sofrer o exílio em Zamora.

A carta de 27 de Maio de 1128, em que o infante lhe solicita apoio militar para o confronto que se avizinhava com os partidários de D. Teresa, nomeadamente Fernão Peres de Trava, exprime bem a confiança que ele tinha no prelado e justifica os privilégios que lhe concederá, a começar pela ampliação dos limites do couto de Braga e a atribuição das funções de futuro chanceler, que não exerceu pessoalmente, sabendo-se, no entanto, que os cinco primeiros chanceleres da cúria régia, foram membros do cabido de Braga.
  • Acontecimentos fora de Portugal
  • Alemanha-Conrado da Suábia é eleito anti-rei, pelos inimigos do Imperador Lotário, com o apoio do irmão Frederico e do papa, é coroado em Monza, rei de Itália.

  • Inglaterra-Matilde filha do rei Henrique I casa em segundas núpcias com Godofredo de Anjou, chamado o Pantageneta.Curiosamente não houve oposição por parte de Igreja, apesar da irmã de Godofredo ser viúva do irmão de Matilde e que tinha servido de pretexto para anular outros casamentos.Este casamento com a viúva do Imperador Romano germânico pretendia negociar a paz entre a Inglaterra e a Normandia com Anjou senhor das terras do Maine.
  • Concílio de Troyes-(14 de Janeiro)-onde é aprovada a regra primitiva da Ordem do pobres cavaleiros de Cristo, fundada por Hugo de Payns, com sede junto ao antigo templo de Jerusalém, donde deriva o nome Templários.
  • Leão-Morte de Pedro Froilaz tutor de Afonso VII.
  • Leão-(Novembro)Casamento de Afonso VII com Berengrária, filha do conde de Barcelona em Saldaña

Sem comentários: